© Texto de Lisiê Silva

Dedicado à Sarah Rodrigues.

Em: 14/11/2003

Ser sua amiga, é de repente, sentir vontade de falar de amizade.

É sentir vontade de sorrir pra lua... ou sair pela vida a cantar!

É sentir vontade de ter o mesmo brilho do sol, para em um segundo, te iluminar.

Ou pedir licença da chuva, enquanto ela cai, para poder chorar!

 

Ser sua amiga, é parar com a rotina da vida, a qualquer momento,

e se lançar em uma aventura mágica, sabendo que a vida, é tempo.

É refletir em busca de respostas para tudo o que acontece.

É procurar o lado bom do dia, no momento que anoitece.

 

Ser sua amiga, é constatar que ninguém entra na nossa vida por acaso. 

É saber que há amizades que são verdadeiras formas de oração.

É agradecer a Deus, por cruzar os nossos caminhos, no mesmo compasso.

É sentir vontade de falar neste simples poema, de coração para coração.

 

Ser sua amiga, é pensar em você, e sentir vontade de dançar.

É sentir o coração transbordando de uma felicidade que é bem vinda!

É sentir vontade de ter você por perto... para poder te admirar!

Por quê você, Sarah, é alegria de viver! Você é uma pessoa linda!

 

Ser sua amiga, é saber que existem pessoas que são puro amor e carinho!

Que possuem um coração grandioso, como o dos pássaros que protegem os seus ninhos. Sem considerar a sua imensa generosidade, mas ressaltar o que o meu coração sente, por quê de tudo o que me deste, a sua amizade é o maior de todos os presentes.

 

Ser sua amiga, é falar com simplicidade, dessa minha imensa felicidade.

Em ter sua sincera amizade, e de repente, aqui mesmo... nesta parte do poema, sentir vontade de improvisar, e parar com as rimas, deixando de lado os versos, abrir ainda mais o meu coração e orar:

 

Amiga, que nossa amizade seja sempre forte e resistente aos transtornos que por ventura, possam aparecer. Que saibamos sempre passar por cima dos stresses da vida, com classe e bom humor!

 

Pensando na nossa amizade, penso em Deus, que é presença viva em nossas vidas. Ele, que sempre nos abre novos caminhos, exatamente quando pensamos que estamos chegando no final da estrada.

Foi em um desses momentos que você apareceu aqui e me estendeu a sua mão.

Você chegou aqui com sua luz que resplandece e brilha até na escuridão.

Foi Deus que trouxe você para a minha vida e também me colocou na sua.

Para que algo de bom acrescentássemos uma à outra.

Foi Deus que abençoou a nossa amizade!

 

Quero, em outras palavras, simplesmente, te dizer:

Amiga Sarah, obrigada por ser parte da minha vida.

 

Beijos do meu no seu lindo coração.

 

Lisiê Silva.

Poema dedicado à Sarah Rodrigues.

Em: 14/11/2003

Envie esta página, Clicando aqui!

Voltar para Minhas Poesias:

Voltar para Minhas Poesias

Voltar para o Porto:

Voltar para o Porto dos Sonhos e das Poesias

Copyright © Sarah Rodrigues - 2004 - Belém - Pará - Brasil.

Todos os direitos reservados / All Rights Reserved.

ao site Porto dos Sonhos e das Poesias

e sua autora: Sarah Rodrigues.

Webmaster e Designer: Lisiê Silva.